quinta-feira, 18 de abril de 2013

SMARTSHOPS, AS LOJAS QUE PROVOCAM DISFUNÇÃO ERÉCTIL...


A partir de hoje é proibido em Portugal produzir, importar, exportar, publicitar, distribuir, vender, deter ou disponibilizar novas substâncias psicoativas. Estas substâncias, ao que parece, eram vendidas nas chamadas Smartshops, que eu não sei bem o que são nem onde ficam, ao contrário dos milhares de pessoas que ontem invadiram estas lojas e "aproveitaram" os saldos das drogas.

Eram cerca de 160 as substâncias vendidas como drogas (até ontem) legais, e que agora - proibida a sua comercialização - vão com certeza encerrar e enviar para o desemprego directo e indirecto cerca de 600 pessoas, a maior parte delas cidadãos não portugueses.

Não sei porquê, mas acho que este tipo de drogas provoca alucinações, por isso é que anda tanta gente por aí alucinada e... a alucinar e a chatear quem só quer ter uma vida calminha.

E talvez estas drogas não estejam isentas de culpa da disfunção eréctil que já atinge muitos homens a partir dos 30 e pouco. E da falta de desejo sexual que atinge muitas mulheres a partir de uma idade bastante nova. E também sei de quem tenha 20 e poucos e tome comprimidos à mão cheia... Mas não tenho nada que criticar, se calhar até sou eu que estou errado, 'sei lá', como dizia a Margarida Rebelo Pinto!

Mas não como 'não há coincidências', algumas pessoas procuram a felicidade pelos caminhos mais difíceis, quando por vezes a felicidade é alcançável pelo atalho que está à frente delas! Mas cada um sabe de si, e Deus... bom, acho que Deus já nem sabe de todos, somos tantos que isto baralha a cabeça a qualquer ser ou entidade!

3 comentários:

lino disse...

Como os ministérios e secretarias de estado só aviam drogas duras, encerrem-se!
Abraço

elvira carvalho disse...

Não conheço essas casa, pelo menos onde moro não conheço nenhuma e como não costumo viajar...
Disfunção eréctil e fata de libido feminino pode ser dizem os médicos resultado de depressões. Ora com a situação atual do país ainda me espanta que haja alguém que não ande deprimido. Provavelmente só os alucinados.
Um abraço e bom fim de semana

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Podem ilegalizar todas as lojas mas não conseguirão acabar com as drogas. Cada dia serão mais a vender e a ganhar dinheiro... só consome quem a procura e se deixa levar...