segunda-feira, 20 de maio de 2013

PORTUGAL, A EUROPA E OS 30 ANOS DA DESCOBERTA DO VÍRUS DO VIH/SIDA


Passam hoje 30 anos sobre a descoberta do vírus do VIH/Sida, e, se entretanto 'a doença da morte' teve os seus efeitos atenuados com a descoberta de alguns medicamentos eficazes, a verdadeira é que esses medicamentos já não estão a chegar a todos os portugueses que deles precisam: os hospitais só distribuem medicamentos para um mês de tratamento e há centenas de infectados que não têm dinheiro para se deslocarem regularmente aos locais onde podem adquirir essa medicação. A tendência é mesmo para que o Estado deixe de participar desses programas... e isso é CRIME PÚBLICO, pois está em causa a saúde pública.

Não é só o Governo/Estado português que é criminoso! É toda a Europa que nos (des)controla: na Grécia, por exemplo, há pessoas a infectarem-se de propósito, para assim terem acesso aos cuidados mínimos de saúde e a um pequeno subsídio de sobrevivência!  O que esta Europa está a fazer a determinados povos é uma autêntica 'auschwitzação'! Até quando os povos vão suportar está estado de coisas?

4 comentários:

Joana disse...

Acho que enquanto os portugueses continuarem a manter os concertos cheios e os estádios de futebol, os cortes vão continuar. Pois a ideia geral que passa é que está a ser duro mas ainda à dinheiro para "futilidades".

Beijinhos

lino disse...

Só enquanto deixarmos!
Abraço

Com ou Sem conclusões disse...

Pois tu sabes que o Brasil, por dar remédio de graça, muito da américa latina vem buscar remédios daqui!

irene alves disse...

Estamos realmente numa situação
caótica. Impensável quando acon-
teceu o 25 de Abril. Fomos
amalecendo e deixando...e mesmo
agora somos demasiado passivos.
Desejo que esteja bem.
Bom fim de semana.
Irene Alves