segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

UM (AUTO) PRESENTE DE NATAL ESPECIAL

Nem sempre recebemos de presente aquilo que queremos, mas há algo que aprendemos com o passar do tempo: quando queremos determinado presente, o melhor é mesmo sermos nós próprios a ir buscá-lo... ou comprá-lo! É que se ficamos à espera dele o mais certo é nunca o obtermos!
Um disco de vinyl de 45 rotações e com 4 canções (na altura designado por EP) foi o primeiro disco de música inglesa que o meu pai me ofereceu no Natal ido no tempo! Nessa altura já o The Tony Jackson Group tinha desaparecido há uns anos atrás, tinha feito umas coisas parecidas com aquelas que os Beatles fizeram mas nunca chegou ao estrelato. Tony Jackson tinha sido o vocalista dos The Searchers, e acho que para lá voltou depois!
Ainda conservo o disco original, e tenho procurado por todo o lado a réplica em CD mas nunca encontrei, nem na Amazon.com. Até que há uns dias lembrei-me de dar outra olhada no mais importante site de vendas pela internet e... lá estava! O 'The best' do efémero Grupo! Um bocado carote, diga-se a verdade, mas tão depressa não vou mandar vir mais nada (estou a tentar auto-convencer-me!)
Na verdade o disco não é assim nada de especial, mas também não o ouvi todo: fui directo às 4 músicas que eu conhecia e que me acompanharam muitas vezes há uns anos atrás no gira-discos que o meu pai comprou para eu e a minha irmã estudarmos inglês por uns discos das Selecções do Readers Digest.
Uma das músicas é da autoria de Bob Dylan - 'He was a friend of mine' - mas só descobri que foi cantada numa interpretação ao vivo em 1962 pelo próprio Bob Dylan, e que pelos vistos nunca mais a voltou a cantar, embora já esteja no youtube.
O CD veio da Holanda via amazon.com e com a delicadeza do papelinho amarelo (que não era amarelo) a desejar manuscritamente 'enjoy the music'! E, pronto, isto tudo para concluir que quem quer... procura e manda vir!


12 comentários:

Joana disse...

Acho que fizeste muito bem!

Nunca tinha ouvido esta música. Fez-me lembrar os The Beatles, mas um bocadinho para pior. ;)

Beijinhos

Fernando Vasconcelos disse...

Tipicamente British Pop! Não conhecia ... Lembra efectivamente os Beatles das primeiras canções.

Ana disse...

concordo, quando quero muito alguma coisa, vou e compro:)
beijinhos

lino disse...

Eu também assim faço.
Abraço

Rosa Carioca disse...

Nem mais!

Marta FG disse...

Gostei do post e concordo inteiramente contigo em comprar os presentes que queremos, ao invés de estarmos à espera que nos ofereçam. Continuação de boas festas!

Marta disse...

Claro que sim...
O melhor presente é aquele que oferecemos a nós próprios....
Feliz 2012....
Beijos e abraços
Marta

Vieira Calado disse...

Olá, como tem passado?

Hoje venho simplesmente desejar-lhe

Um BOM ANO de 2012.

BlueShell disse...

Já addotei essa filosofia há alguns anos...lol..
Sim, muito bom de se ouvir...
Bom ano,
Felicidades!

BShell

Marta disse...

O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos.
Faço votos que o 2012 nos permita sonhar e concretizar cada um deles.
Um Próspero Ano Novo.

OUTONO disse...

...apesar dos arautos redutores, que o novo ano seja um canto especial!
Abraço!

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Desejo um Feliz no Novo, amigo. Grande abraço