segunda-feira, 6 de julho de 2009

HOJE HÁ JAZZ NO MUSEU

Sempre fui da opinião que o Jazz é para ouvir ao vivo. Este Domingo voltei a confirmar isso... Sublime! Fantástico! Mágico! Só vendo... e ouvindo... todos os domingos de manhã no Museu da Electricidade em Lisboa. As entradas - vejam lá! - são gratuitas!!! Desta vez foram os Lisboa Street Parade mas aqui fica o programa para os domingos de Julho (sempre às 12 h):
Dia 12 - Café Quarteto
Dia 19 - Fidus Band
Dia 26 - Choice Standards Trio


11 comentários:

argumentonio disse...

bem lembrado e bem divulgado!
;->>>

Joaquim Lopes disse...

Pois...As fotos já vi e fiquei deslumbrado.Quanto ao Jazz,agradeço a informação e tentarei por lá passar um Domingo desses...

Abraço

elvira carvalho disse...

Bom que hajam estes espectáculos gratuitos, e bom que alguém os divulgue.
Um abraço e uma boa semana

OrCa disse...

Belíssima dica, meu caro. Grande sugestão - inabitual - para um domingo de manhã. Os meus agradecimentos.

Papoila disse...

Boa semana Alex...
não sou muito de Jazz

Beijos
BF

Graça disse...

Também prefiro ao vivo... e o Museu da Electricidade é um espaço que eu gosto.


Beijo meu

Filoxera disse...

Excelente! Boa reportagem.
Falamos em breve.
Beijos.

tulipa disse...

AMIGO

Por aqui tudo na mesma.
Muita tristeza.
Mas, diz-me: não se pode sentir tristeza? Por acaso é proibido?
Tristeza e alegria são duas emoções bem distintas uma da outra, mas são emoções na mesma.
Porque será que sou sempre criticada quando revelo as minhas emoções?... e, neste momento é a tristeza que predomina.

O problema é que as pessoas não querem se aperceber da verdadeira realidade dos outros, mas a realidade não é sempre cor-de-rosa, pois não?
Quantas pessoas já pararam para pensar:
- quanto custa não termos quem nos pergunte e queira saber realmente de nós...porque estamos tristes...!!!
Deve ser terrível não termos na nossa vida quem queira saber.
Deve ser NÃO.
É MESMO MUITO TRISTE.
Mas cada vez mais as pessoas não olham...não sentem...a tristeza dos outros...

Desculpa o meu desabafo.
Beijos e abraços.

NOTA: com a "ajuda" dos verdadeiros amigos irei ficar mais alegre, tenho a certeza.

Quase nos 50 disse...

Desconhecia este programa domingueiro mas ainda bem que aqui vim.
Obrigada pela dica
Um abraço

pin gente disse...

pena não ouvirmos.

abraço

Moura ao Luar disse...

Gosto de jazz, é um registo que me faz sentir sensações de relaxamento e bem estar.