quinta-feira, 19 de novembro de 2009

MULHERES CANTAM ARY DOS SANTOS E ROBERTO CARLOS

Saíram agora dois CDs com vozes de mulheres a interpretarem grandes nomes da música e da poesia. No Brasil, nomes como Alcione, Fáfá de Belém, Marília Pera (!), Ana Carolina, Yvette Sangalo, e outras, juntaram-se para prestar tributo ao Rei. Indispensável para quem é fã de Roberto Carlos, até porque o próprio interpreta 'Emoções' com as suas divas.
Por cá, Renato Jr. juntou Mafalda Arnauth, Susana Félix, Viviane e Luanda Cozetti para um tributo a Ary dos Santos quando passam 25 anos sobre a morte do poeta. 'Canção de Madrugar', 'Cavalo à Solta', 'Estrela da Tarde', 'Quando um homem quiser?, são algumas das letras de Ary cantadas no original por Hugo Maia Loureiro, Fernando Tordo, Carlos do Carmo e Paulo de Carvalho e que aqui aparecem com um toque feminino. Se o CD de tributo a Roberto Carlos é duplo, este do Ary deixa a desejar mais pois os 11 temas sabem a pouco. Destaco o 'Dizer que sim à Vida? (uma das canções da minha vida na voz de Carlos do Carmo) aqui sublimemente cantada por Luanda Cozetti - pena que o livrinho do CD não traga a biografia das cantoras, pois ninguém sabe quem é Luanda Cozetti... fica-se à espera do 2º CD e não é quando passarem 50 anos sobre a morte do Grande Ary!!!

Dizer que sim à vida
Dizer que não à morte
Dizer na despedida
Que o tempo é o mais forte

Dizer que sim à vida
Dizer que não à morte
Jogar na despedida
A carta que é a sorte

Dizer a toda a gente
Que o amor de repente
Entrou no nosso jogo
Dizer a toda a gente
Que o nosso corpo é quente
A nossa boca ardente
E a nossa alma fogo...

E se não for verdade
Tudo o que nós dizemos
Tudo o que nós sentimos
Também não é saudade
Por isso é que nos rimos


9 comentários:

Ana disse...

Olá!
Tenho que ouvir:D
Beijinhos

Joana disse...

Também quero comprar o cd de homenagem ao Ary. :)

Violeta disse...

Vou procurar...
obrigada!

Pepper disse...

Interessante! Ora aí está uma bela sugestão para presente de Natal.

Beijinhos do Sofá vermelho

Mar Arável disse...

O grande Ary

com quem partihei a poesia

Maria João disse...

Todas as interpretações são muito boas. Destaco, Canção de madrugar pela Susana Félix e Cavalo à solta pela Viviane. Mas escolher é díficil, ou não fossem poetas de Ary. Fica a àgua na boca a pedir mais, concordo em absoluto!

Um abraço

tulipa disse...

Felizmente que não é só nas grandes cidades que se nota, nos últimos tempos outra dinâmica, uma outra forma de fazer cultura.
Desta vez será em ALPIARÇA, na sua Biblioteca Municipal.

Vou montar outra exposição de fotografia.
A exposição procura divulgar o que vivenciei pelos caminhos da Índia. Tendo como ponto de partida a fotografia, faço uma reflexão através do tempo sobre imagens que descrevem a solidão dos povos e o significado do seu sofrimento bem como da sua alegria envolvida pela pobreza de géneros necessários à sua sobrevivência, a par da solidariedade e esperança de uma justiça digna.

Aos poucos vou conseguindo aquilo que quero, ou seja, esta EXPOSIÇÃO está aberta aos sábados de tarde, para proporcionar às pessoas que trabalham a oportunidade de a visitar numa tarde de sábado.

É CASO PARA DIZER:
E ALPIARÇA aqui tão perto!!!

Estás convidado para a inauguração no próximo sábado, dia 21 de Novembro, pelas 14h 30m.

Conto com o apoio de todos os que me têm acompanhado ao longo deste tempo, na blogosfera.
Um abraço forte.

Alan Romero disse...

Luanda Cozetti é a belíssima voz dos COUPLE COFFEE! Tem toda a info no site do duo:
http://www.myspace.com/couplecoffee
Tem lá músicas e videos dos três CDs lançados em Portugal: Puro / Co'As Tamanquinhas do Zeca! / Young And Lovely - 50 Anos de Bossa Nova. E tem extras deliciosos, como o duo que fez com JP Simões em "Se Por Acaso". E também o duo com Sir Scratch em "Quando Menos Esperas", tema do filme “A esperança está onde menos se espera” de Joaquim Leitão.
Parabéns pelo blog! Já coloquei nos meus Favoritos!
Abs

Paula Raposo disse...

Que maravilha de aperitivo que aqui nos deixas!
Beijos.