sábado, 14 de março de 2009

DE "SOL A SUL" PASSANDO PELO "BOSQUE" SETUBALENSE

Francisco Naia apresentou o seu mais recente disco "De Sol a Sul" na Fonoteca de Lisboa - momento muito especial para trazer o Alentejo a Lisboa numa voz única como é a voz de Francisco Naia e com o seu grupo de músicos sublime...

... 'And the winner is... Pedro Oliveira!' Desta vez foi no Club Setubalense que o jovem realizador apresentou uma curta-metragem com o título "O Bosque" mas de certeza que a 7.ª arte irá falar muito dele nos próximos anos.
Fixem o seu nome... Pedro Oliveira!

4 comentários:

Justine disse...

Obrigada pelas informações. Não conheço nenhum deles, mas vou conhecer!

escarlate.due disse...

vou tentar fixar, vou tentar :)


(esta música é uma delicia!)

Maria, Simplesmente disse...

Ele já é conhecido, já é falado mas fazes bem em divulgar.
Sabes nunca poderemos ter um caminho assim porque nem seríamos capazes de pisar flores!
Eu não era capaz!... e tu também creio que não.
Teríamos de ser tão leves como... "beija-flores" ou "borboletas", ou outros insectos que poisam nelas sem as estragar.
Bom fim de semana
Bj
Maria

argumentonio disse...

claro que todos vivemos com um bosque no olhar, na memória ou no trepidar do coração!

"O Bosque", de Pedro Oliveira, vem servir mestria e rigor, luz e intensidade dramática, acção e tensa latência, sonoridade e doseada obscuridade!!

bem anunciado, então, o reencontro!!!