segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Como não vou de férias, O MEU SOFÁ AMARELO vai ter novidades todos os dias em Agosto...

... Começando pela homenagem à Tica, a gatinha que os meus tios salvaram, a mais brincalhona que já vi, mas que por vicissitudes da vida não devo
voltar a ver nem a fotografar...

A TICA foi uma gatinha rejeitada pela mãe gata e que encontrou uma mão mesmo no limite da sobrevivência - os irmãos são muito mais robustos! E soube corresponder a quem lhe deu a mão pois é o gato (neste caso, gata) mais brincalhona que já vi! Brinca, brinca, até cair para o lado de cansaço. Tem os dentinhos e as garrinhas bem afiadas quando brinca, expõe a barriguita, o que não é normal nos gatos, e tem sido a companhia perfeita para os meus tios de França nas últimas semanas. Mas nem todas as histórias têm a continuação que nós gostaríamos e a Tica teve que viajar para perto de alguém que possa tratar dela a tempo inteiro... ela vai ficar bem com certeza, eu é que se calhar nunca mais a vou ver e as fotos que lhe tirei souberam-me a pouco...

9 comentários:

Su disse...

q sorte tem essa gatita


jocas maradas

mariabesuga disse...

Como te entendo Alexandre. Estes bichinhos fazem que nos afeiçoemos e depois é no que dá. Mas ela há-de estar bem e tu conhecerás outros merecedores dos teus "olhares"...

Nós aqui temos 2 gatos, ambos adoptados. Um, aliás uma, de uma casa onde estava numa coelheira e muito mal tratada. Levámo-la ao veterinário antes de vir para casa e até as unhas tinha todas espetadas nas patinhas. Trouxemo-la toda cheia de ligaduras e otites que tratámos e a partir daí está feliz. É uma persa chinchila. Temos também um amarelo, grande que se chegou aqui esfomeado e foi ficando. Era bravo e arredio mas agora até já partilha o quintal com a gata mila e com o timtim que é o cão que também temos, adoptado também mas há muitos anos.

Um beijinho para ti Alexandre
A tica que é liiinda vai ficar bem entregue.

Ana disse...

Olá!
Que gata tão linda! E ainda bem que encontrou alguém que fique com ela.
A gata que apanhei na rua também já está na casa dela, encontrei a dona, afinal vivia ao fim da rua mas tinha desaparecido porque tinham-lhe matado os bébés!
Beijinho

Ezul disse...

Uma gata que rejeita a cria, felizmente nunca vi. Pelo contrário, tenho uma gata que adoptou todos os gatitos abandonados que por aqui apareceram e que até quis "roubar" o filhote à "prima". Espero que a Tica fique mesmo bem. É que já me apercebi como os animais também sentem a mudança do lar e da companhia humana, ainda que depois se habituem. Oxalá fosse isso que se tivesse passado com o meu pequeno gato...
:)

pin gente disse...

e como ela se entrega às carícias...
sortuda!
abraço

Yoga Girl disse...

Ah que linda :) ADORO! No Sábado na praia tava lá um gatinho pekenino a tentar agarrar a areia claro que kuanto mais ele saltava mais a areia saltava e ele nunca a ia apanhar! :)*

Filoxera disse...

Parecida com uma gata que eu tive, mas a minha não tinha os olhos azuis, mas amarelados.
Tive a sorte e a coincidência de, na mesma semana em que amparei a morte do gatinho bebé nas minhas mãos, poder pegar em outros dois vivos e sãos. Eu, que há tanto tempo não tocava num gato! (por falta de oportunidade; adoro felinos).
Beijos.

Rita disse...

Pessoalmente adoro gatos.
Tenho um cá em casa que me derrete o coração.
Esta gatinha, a Tica, também é linda.
Esperemos que tenha sorte e que cresca bem e saudável.

Maria, Simplesmente disse...

E ficas descansado... para o resto da tua vida