sábado, 1 de agosto de 2009

MEU (OUTRORA) QUERIDO MÊS DE AGOSTO


Este Verão não vou de férias! Por solidariedade com quem não pode ir de férias nesta altura. Por outro lado, também não gosto de férias em Agosto! Já gostei do mês de Agosto, sim, no tempo das férias intermináveis de Verão e do regresso dos tios de França, das viagens e das festas com o meu primo Manuel que cantava umas cantigas por aí com as Cocktail e as Doce... Mas agora o mês de Agosto não me diz nada! Prescindiria dele! Mas acredito que ele continue a ser importante para muita gente, claro! Só que hoje de manhã assustei-me: levantei-me de mais uma noite do Meu Sofá Amarelo, espreguicei-me - eu sei, parece mal mas sabe e faz bem, e também não tinha ninguém a ver - fui à janela e pensei que a população portuguesa tivesse desaparecido levada por algum OVNI... a rua estava vazia de carros, não havia ninguém quando fui comprar o pão e menos ainda no café... ainda pensei que todos tivessem debandado em pânico com a Gripe A, mas não... 

... Só descansei quando ao fim de alguns minutos - numa ida ao centro comercial mais próximo - descobri que metade dos portugueses estava nos centros comerciais (e não nas praias porque estava a chover!) e a outra metade nas filas de trânsito a caminho do Algarve! Ainda bem! Qualquer Governo suspira de alívio quando tem cidadãos tão certinhos como estes! 

Pois, por mim agora não gosto do mês de Agosto (excepção feita ao do ano passado que me trouxe coisas boas), não vou de férias, não quero ir de férias - quebra o ritmo do pensamento! - quero ficar por aqui solidarizando-me com quem não pode ir de férias e cá me hei-de arranjar... com uns passeios pela praia, umas visitas ao meu jardim secreto e umas sonecas no... ora, onde haveria de ser?... No Meu Sofá Amarelo, claro!!!

Mas boas férias para todos!!! Divirtam-se!!! 

20 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Há muitas lendas pouco auspiciosas para agosto, parece ser a ovelha negra do calendário, mas eu gosto, foi em agosto que nasci, acho que por isso fico protegida das assombrações deste mês, rssss
beijo, lindo domingo

Marta disse...

Como te compreendo!!!
Também não gosto do mês de Agosto - parece que não há nada que fazer ou sou eu que não sei o que hei-de fazer ao tempo.
Vou seguir o teu conselho e dormir umas sonecas (o meu sofá é castanho) e até ao ginásio.
Até já
Beijos e abraços
Marta

Carlos Albuquerque disse...

Cheguei hoje aqui a tempo de lhe dizer: Alto lá, Sofá Amarelo! Agosto é o meu mês, nele nasci a 25 (pronto já sei que sou Virgem!)já lá vão uns anos, tantos que já não os faço, desfaço-os.Está a ir-se o tempo em que o Tempo me dava tempo. Entre mim e ele corre agora tudo o que nos separa. Mas isto é outra conversa. Agosto apareceu no nosso calendário por decisão de César Augusto o 1º imperador romano (63 a.C.). Ele e Julho são os únicos dos doze, seguidos com 31 dias. Vá lá volte a gostar, nem que seja um pouco, do meu Agosto. Se for preciso troco aqui o sofá do escritório por um amarelo.E, já agora, porque que é que Sonia Schmorantz (leoa!) fala em lendas pouco auspiciosas?
Caro Sofá Amarelo,voltarei para ver o que vai fazer ao Agosto. Gostei do seu blogue. Vou colocar um link no meu e juntar-me aos seus seguidores.
Posso?

Patrícia disse...

Eu por acaso gosto de Agosto porque faço anos neste mês, a 12, mas fora isso, já gostei mais deste mês. À alguns anos atrás ia para o Algarve com a minha família, com amigos, divertiamo-nos muito e Agosto era para mim, o mês das férias bem passadas. Agora já não é assim e nem o tempo tem ajudado a que este mês se torne de novo "popular".
Tenho pena. Mesmo muita pena.

Boas férias também para ti.

Beijinhos=)
Patrícia

Fernando Vasconcelos disse...

Eu devo confessar que o Sol e o Verão nunca foram dos meus meses preferidos, consequências de uma pele branca e pouco tolerante à praia que aliás, em toda a honestidade, detesto. Por isso com a excepção de uma semana vou fazer-lhe companhia não no sofá mas algures por aqui ...

t i a g o disse...

Para mim, Agosto ainda é um mês muito importante para mim, porque é sinónimo de férias com a família, praia, leituras... uma quebra na rotina que acontece muito poucas vezes por ano!

E, já que não vais de férias... umas boas não-férias para ti!

Carlos Albuquerque disse...

Voltei. Com sua licença, Sofá Amarelo, porque o comentário da Patrícia me suscitou a colocação de mais umas linhas. Também eu já fiz do Algarve o meu Agosto de férias. Um dia, porém, a praia deixou de o ser, passou a beach.O pescador da Praia dos Pescadores em Armação de Pera, deixou de o ser, metamorfoseou-se em fisherman. A aldeia de férias passou a holiday's village ou village de vacances. Ao bar onde tomava um copo, a meio da noite, passaram a chamar-lhe pub. Os menus do restaurante indiano, na marginal,escritos em inglês americanizado maltratando Shakespeare. Foi demais, pronto!
I'm sorry!

Filoxera disse...

Pois eu nasci em Agosto e gosto de calor.
:-)

mulher disse...

Interessante o comentário do Carlos Albuquerque. Exactamente o que penso do algarve no último ano que por lá andei e pelos vistos nos mesmos sitios.Dispenso o Agosto no Algarve.Prefiro o Abril em Portugal.!
Bjinhos a todos.

escarlate.due disse...

sorte a tua poderes ir de férias fora do verão... e ainda nos acham sortudos a nós... aiai

:)

Lia disse...

Olá Sofá,

eu cá adoro o mês de Agosto!
É tb o mês do meu aniversário (um começo de um novo ano)o mês de Agosto é para mim sem dúvida um mês de profunda reflexão.
Mas mesmo tu ficando por cá( no teu Sofá Amarelo )Boas Férias!
Um beijo* cheio de raios de "Sol"

tulipa disse...

Todos nós temos os "nossos lugares especiais" e hoje convido-te para veres os lugares por onde andei no mês de Julho, que terminou há 2 dias.
Muito recolhimento físico e psíquico, derivado ao meu debilitado estado de saúde.
Mas, cá estou, pronta a recomeçar o trabalho, embora a 80%, mas haja esperança em dias e momentos bons que custa menos lá estar.

Nos meus últimos posts falei de:
entre o bom e o mau
permanece a essência
e após a tempestade
a bonança virá
esta é a minha esperança.

um beijo meu e tudo de bom para ti

Quase nos 50 disse...

Ele há pessoas com sorte!
A vizinhança toda em férias, rua vazia, bem o paraiso em pleno mês de Agosto.
Eu infelizmente tenho o reverso da medalha: praia cheia, não arranjar lugar para estacionar qd finalmente chego à praia........
Por isso é que eu gosto de trabalhar no mês de Agosto: não tenho que levar com os veraneantes lisboetas que não foram para o Algrve e se ficaram pelo sol da Caparica!
Um abarço sem areia

Maria, Simplesmente disse...

Sabes, não perdes nada em não ir em Agosto, porque os que vão (coitados!) quase sempre dizem que para o ano não vão, até porque gasta-se mais dinheiro.
Quem está ao pé do mar em Agosto vai embora e deixa o lugar para os "patarecos" e tu não és patareco.
O melhor mês foi Junho, eu é que escolhi bem. Calmo sereno, mar maravilhoso, belas fotos, boa praia e metado do preço nos quartos.
Além disso tinha as praias Vicentinas todas para mim e para os que gostam delas em socêgo. Hoje Vou colocar uma fotografia para ti. Podes ir ao LC para ver.
Boa semana
Bj
Maria

Maria, Simplesmente disse...

Então Alexandre está na hora de pegares uma boa companhia e ires explorar este lugar onde eu passei as minhas férias. Acredita que vais gostar.
Bj
Maria

Ana disse...

Olá!
O mês de Agosto é o mês de férias dos portugueses por excelência!
Eu cá sou daquelas pessoas que prefere tirar férias no Inverno, sabe melhor;)
Como também não tenho férias estou solidária contigo!
Beijo

Graça disse...

Como te compreendo. Também não gosto do mês de Agosto. Infelizmente, agregado à minha profissão [professora] tenho esse "karma". Mas resisto... refugio-me no meu pequeno paraíso, bem a norte! Obrigada pelas tuas palavras. E já agora, o meu sofá é vermelho.

Beijos meus

pin gente disse...

o agosto não é um mês fácil... mas as férias em agosto ainda são quase que obrigatórias.
um abraço e boa campanha de solidariedade a quem não...

estrela da sorte disse...

«Pois, por mim agora não gosto do mês de Agosto (excepção feita ao do ano passado que me trouxe coisas boas),»

Olá,e então...bem,só mais uma coisinha ...será.. que podemos saber... a que coisas boas te referes?!?!:0)
Desculpaaaa,mas é que, eu sou muito curiosaaaa!;0)
B-e-i-j-i-n-h-o-s

Maria, Simplesmente disse...

Meu caro Alex:
Se para ti a Zambujeira do Mar tem a magia que dizes, não imaginas a que tem para mim.
É tão bom recordar as noites de luar da Zambujeira do Mar, o grupo de amigos que não mais vi, mas cujas recordações que me deixaram não esqueço nunca.
A casa para onde ia era uma vivenda junto à falésia, onde ao fim existia uma fonte onde iamos buscar água belíssima, e nas dunas que se seguiam assistia a espectáculos fabulosos que o mar nos oferecia quando se enfurecia. Magia... só magia!
Bj
Maria