quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

A ROLETA RUSSA DAS CATÁSTROFES ATINGIU DE NOVO OS MAIS POBRES... HAITI DESTA VEZ!

Ainda é impossível fazer qualquer rescaldo do terramoto do Haiti ocorrido há poucas horas... mas que foi uma tremenda manifestação do interior da Terra com terríveis consequências à superfície, disso não há dúvidas! 

O Haiti é um dos países mais pobres do mundo, assolado por violentas guerrilhas internas nos últimos anos. Desta vez a 'guerra' foi ainda mais violenta, de tal modo que pelos relatos que nos vão chegando terá sido mesmo o terramoto mais violento dos últimos séculos, uma catástrofe natural ainda maior que a há de 5 anos no sudeste asiático. 

Os anos e as décadas dos humanos são milésimos de segundos para a história da Terra mas não deixa de ser estranho que em tão pequeno espaço de tempo tenham acontecido duas catástrofes de tal dimensão. Constata-se mais uma vez que toda a civilização assenta numa bola insuflável que qualquer alfinete pode rebentar... É questão para perguntar: que mais irá acontecer? E onde irá acontecer?

9 comentários:

argumentonio disse...

infelizmente estamos todos sujeitos à natureza e nunca estaremos inteiramente preparados para tão violentas manifestações

felizmente a ajuda internacional prontificou-se de imediato e muito será feito para minimizar os efeitos nocivos de tão devastadora catástrofe natural

no entanto, as populações e os dirigentes do Haiti entraram há muito num ciclo vicioso de empobrecimento difícil de resolver e que justifica também uma quota parte na extensão dos danos materiais e pessoais decorrentes do terramoto mas também da péssima construção e gravosa falta de infraestruturas, muito em resultado do regime político responsável pelo enorme atraso do país

oxalá as ajudas externas possam acudir ao imediato (tratar dos vivos...!) e deixar uma semente de reorganização para um novo futuro com outros políticos, outras realizações, outra esperança!!!

Maria João disse...

Alex

E acontece, na maior parte das vezes, nos países mais pobres.
A desgraça fica ainda maior, infelizmente!
Eu entendo as forças da natureza como fenómenos incontronáveis e de certo modo incontroláveis também. Fenómenos que próximos ou distantes no tempo, são sempre imprevísiveis. Tudo isto deveria provocar em todo o Ser Humano a profunda consciência do respeito que deve ter pela natureza e pelas suas leis. Sabemos que assim não é.

Sim, hoje não é possível deixar de pensar naquele povo, destroçado pela força da natureza!

Beijinhos

lagrima disse...

É verdade, é sempre na população carenciada que acontecem as desgraças, sejam enormes ou nem por isso. Esperemos de facto que a ajuda internacional chegue em tempo útil.

Venho agradecer o seu comentário e dizer-lhe que sim, era de facto um amor profundo, acima de tudo, embora seja sempre muito dificil que mesmo que inconscientemente não haja também o sentimento de posse, pricipalmente quando se é ainda muito jovem, é como se as pessoas fizessem parte integrante uma da outra. Como se fossem as duas metades de um todo.

Obrigada. Volta sempre. Também vou andar por aqui, se não te importares.

Carol Bonando disse...

Olááá, vim sentar um pouco neste sofá que há muito tempo não sento. Talvez 3 meses. E senti saudade, ri um bocado, pensei um bocado, e também tenho algo a dizer: Meu curta metragem do texto ESPELHO que voce comentou, está pronto e no meu blog, e em breve no festival de curtas.
É isso!
Aproveite para passar lá em casa e papear um pouco.
Abraço

Jacarée disse...

Estou desolado, com tanta tragédia.
O Ser humano é impotente fase as forças da natureza.

Bem que muitos poderiam aproveitar esta catastrofe para se tornarem verdadeiramente humanos. Já que a VALENTIA não serve para nada.

Sem Guerras,sem Avareza, Inveja, Corrupção....

Aja esperança, e benevolência.

Fique bem.

Ezul disse...

Como acabei de ler no grito que um amigo deixou no seu blogue: “Os Tremores de Terra não se Podem Evitar… A Pobreza, Sim!”.
Se o sismo foi uma tragédia, as condições de vida daquele povo são um crime contra a humanidade!!!
:(

Ana disse...

Olá!
Uma grande tragédia e que já está a causar o terror. As últimas noticias dizem que as pessoas estão a revoltar-se com o atraso da ajuda e já estão a barricar as estradas inclusive com cadáveres!!
Realmente é incrivel como somos tão frágeis e uma catástrofe destas pode acontecer a qualquer momento!
Beijinhos

Justine disse...

Não há palavras para dizer do nosso horror perante tanto sofrimento. Resta-nos o silêncio de respeito pelas vítimas. E o grito de raiva contra os algozes, que já estão a tentar ganhar alguma coisa com a desgraça dos seu irmãos...

Bichodeconta disse...

E nós impotentes perante tamanha catástrofe.. Junto a minha á tua vóz nesse grito de solidariedade.Um beijinho, Ell