sábado, 12 de março de 2011

A VIDA TEM CADA VEZ MENOS ROSAS...

... E MAIS ESPINHOS, MAS O IDEAL SERIA...

... TRANSFORMAR A VIDA NUM MAR DE PÉTALAS!


12 comentários:

BRUNO disse...

Boa noite, parabéns suas estão perfeitas, espero muito em breve conseguir esta qualidade, espero conseguir ter esta harmonia em minhas fotos.
um abraço
bsaldanhafotos.cjb.net

Luís Coelho disse...

As rosas virão a seu tempo.
Virão cheias de perfume e de vida e confundir-se-ão com o sangue que os espinhos fizeram nas mãos dos jardineiros.

Os espinhos serão perenes mas a esperança da suavidade das pétalas e do perfume das rosas endurece-os e despreza-os.

Papoila disse...

Eu só já sinto mesmo os espinhos... as minhas pétalas devem testar caídas por aí.
Bom fim de semana

Joana disse...

Tem alturas que se consegue e esses momentos valem a dobrar.

Beijinhos

tulipa disse...

OLÁ AMIGO

Será por isso que eu tento sempre
TRANSFORMAR A VIDA NUM MAR DE PÉTALAS!
Faço por isso, mesmo contra ventos e marés...como tu sabes.

No passado dia 6 de Março de 2011 realizou-se mais uma Actividade d'A Natureza ensina!

Conhecer a Mata da Machada!

Durante toda a manhã visitámos a Mata Nacional da Machada.

"Designa-se hoje Mata Nacional da Machada, a propriedade constituída pelo antigo Pinhal de Vale de Zebro e pela Quinta da Machada.

A Quinta da Machada pertencia ao “Convento de Nossa Senhora da Luz da Ordem de Cristo”, porém quando foram extintas as Ordens Religiosas em 1834 foi adquirida por um particular, sendo mais tarde aforada ao Estado que a anexou ao Pinhal de Vale de Zebro.

Encontra-se situada no centro da Península de Setúbal, entre as povoações de Coina, Palhais e Santo António da Charneca.

Sujeita a Regime Florestal esta Mata encontra-se hoje, sob a gestão da Direcção Regional de Agricultura do Ribatejo e Oeste e ocupa uma área com cerca de 385,7 hectares.
Sendo a única área florestal de razoável dimensão do Concelho, a Mata é considerada o “Pulmão da Cidade” e um local privilegiado para actividades de recreio e lazer, dispõe de um parque de merendas e diversos fontanários, para além de um Centro de Educação Ambiental e de uma rede de estradas e caminhos frequentemente utilizados para práticas desportivas, permitindo à população uma melhor qualidade de vida."

Carmo disse...

Os espinhos são efémeros, por vezes deixam marcas, nada que o perfume das rosas não consiga curar.
Um abraço
Boa semana

lino disse...

Difícil, mas não impossível.
Abraço

Marta disse...

Só é impossível se não acreditarmos....
Que os espinhos estão lá, mas nos podemos desviar....
Beijos e abraços
Marta

Maria João disse...

Que será da rosa se a desnudarmos das pétalas que a perfumam? Que será dela sem o caule que a ampara e sem esses espinhos que afinal, tanto a defendem ? ...

Beijinho

Calie disse...

Gostei desta mensagem...

SimplesmenteAna disse...

Olá Alex :-)**

Há quanto tempo! Espero que esteja tudo bem.
Era tão Bom se conseguissemos transformar todos os espinhos em pétalas, em algo positivo... mas os espinhos também fazem parte da vida e já que os temos, temos que ter cuidado com o sítio onde nos picam.
Como sempre, este cantinho está um encanto.
Beijinhos!
Ana

Ana disse...

Muito bonitas!
Eu tenho uma rosa vermelha tatuada no pulso que fiz quando tinha 18 anos, era o nome da minha mãe!É uma rosa que está sempre comigo!
Beijinhos