quinta-feira, 11 de junho de 2009

PEDRO BARROSO E AMIGOS NAS FESTAS DA TERRA DE CAMÕES, CONSTÂNCIA!


A Lua-Cheia iluminou Pedro Barroso quando ele interpretou uma das «canções da minha vida«, "Companheira". Em cima o Pedro com os convidados deste ano, Luísa Bastos e Francisco Ceia. Em baixo, Luísa Bastos (lembram-se dela do grupo Os Amigos que venceu o Festival da Canção em 1977 com 'Portugal no Coração'?) com o seu duo de guitarristas e Francisco Ceia, alentejano de Portalegre, com um long long road nestas coisas das cantigas.


Duas revelações deste ano: Adriana Ceia, violoncelista do conjunto de Francisco Ceia; e Marta Jacinto, voz do grupo de Pedro Barroso.

6 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Vim logo a correr ver as imagens. A minha inveja aumenta com a minha pena por não poder estar lá.


Abraço

tulipa disse...

AMIGO

Eu sabia que ias lá, mas...não te pude acompanhar.
Venho agradecer a tua simpática visita ao meu blog...e as doces palavras que sempre escreves em forma de "ELOGIO".

Por isso, hoje te convido a vir ler sobre "Terapia do Elogio", muito certo e interessante:
O bom profissional gosta de ser reconhecido, o bom filho gosta de ser reconhecido, o bom pai ou a boa mãe gostam de ser reconhecidos, o bom amigo quer se sentir querido...enfim vivemos numa sociedade em que um precisa do outro; é difícil e complicado um ser humano viver sozinho, e os elogios são a motivação na vida de qualquer pessoa.
Quantas pessoas poderás fazer feliz hoje elogiando de alguma forma?
Pensa nisso!

Beijinhos.

Ana Serrano disse...

Olá!
Já não me lembro do nome do astrónomos, mas é possível que fosse esse senhor.Quanto ao sitio onde estiveste foi aí que a acabou a caminhada e foi nesse local de turismo rural que lanchámos.
Não te preocupes que quando voltar a haver algo eu digo-te, um paparazzo dá semre jeito.
Beijo

João Carvalho disse...

Fantástico, meu amigo! Saber usufruir das coisas boas da vida é também saber viver. Um abraço. Bom fim de semana

Bichodeconta disse...

Pois , assim percebo o que te deixou naquele estado de ausencia momentanea..O MENINO NÃO PARA! ELE É BAILARICO, ELE SÃO MARCHAS E FILIAS..uM HOMEM NÃO É DE FERRO, E EU CONFESSO QUE ESTOU AQUI COM UMA PONTINHA DE INVEJA MAS DAQUELA INOFENSIVA..mAS ADORARIA TER ESTADO LÁ.. Beijinhos.

Marta Jacinto disse...

Bem... revelações... não me sabia nesse posto :)

Obrigada pela tua (sempre atenta) amizade.

Beijinhos!