sábado, 11 de setembro de 2010

O MUNDO PODE ACABAR HOJE, DIA 11 DE SETEMBRO...

... Claro que o mundo pode acabar a qualquer momento e - como dizem alguns dos comentadores - vai acabando todos os dias para alguns! 11 de Setembro foi em especial um dia em que o mundo acabou para muita gente... 3000 mortos em consequência directa dos ataques de há nove anos às Torres Gémeas em NY, mas que originaram centenas de milhares - senão milhões de mortos - noutros países mais distantes do ocidente, pelo menos a nível religioso, que não humano!

11 de Setembro foi também o dia em que o mundo acabou para Salvador Allende no Chile em 1973, um ícone que ficou para a história mundial pela sua determinação e coragem política. Agostinho Neto, primeiro Presidente de Angola também desapareceu num 11 de Setembro (1980), mas há outros que desapareceram - não propriamente a 11 de Setembro - mas que é pertinente mencionar num post sobre o fim do mundo: os 1038 (isto nas estatísticas, porque o número será com certeza superior!) suicidas em 2008 em Portugal (uma em cada 100 mortes em Portugal é por suicídio... alarmante, não?) mais os 13 menores que se suicidaram nos últimos anos na Bélgica por terem sido vítimas sexuais de membros da Igreja católica... por tudo isto o mundo podia ter acabado a 11 de Setembro e nada garante que um asteróide desgovernado um dia destes não faça ao mundo aquilo que há nove anos uns aviões fizeram a um dos maiores símbolos da sociedade ocidental...

8 comentários:

argumentonio disse...

conversa!

promessas para depois de o mundo acabar?

além do mais hoje é já amanhã, pois são coisa de 3/4 de hora para lá da meia noite

meia também é maneira de dizer, como o mundo já acabou é de noite inteiro, para sempre, e só agora começou - se é que o fim do mundo permite a força de expressão do verbo começar

mas prontos, venham então essas novidades post fim do mundo, quiçá por uma vez um autencíssimo e literalíssimo post

mas, agora por falar nisso, o mundo já tem acabado tanta e tanta vez que uma vez mais continuaria a acabar tanta - e não mais

e mais

;_)))

AnaMar (pseudónimo) disse...

acabou para tantos em vários 11 de Setembro, em vários anos. Que a memória não esqueça para que não se repitam certos Capítulos da História.
Bj

argumentonio disse...

puxa...

;_)))

Marta disse...

A fragilidade da vida, não é Alex???
Tudo é incerto; por isso é que devemos usufruir todos os minutos...
Bom texto como sempre...
Beijos e abraços
Marta

Maria João disse...

O mundo acaba todos os dias um bocadinho, como aqui dizes. E outros assim dizem também, sabemos.
O que por vezes desconhecemos, ou procuramos ignorar, é que para muitas vidas, o mundo não teria ainda acabado, não fosse o ódio, a exclusão, o abuso, a injustiça e tantas outras motivações que uma vez geradas por uns, fazem com que o mundo, termine prematuramente para outros e se vá corroendo aos poucos, para todos.

A fazer-nos pensar, no mínimo! Para não dizer, a fazer-nos mudar...

Um abraço

lino disse...

Em 1973 foi um ícone, 30.000 mortos e dezenas de milhares de desaparecidos.
Abraço

Ezul disse...

Amargo mas real. Infelizmente!
:/

tulipa disse...

AMIGO ALEXANDRE

Andas desaparecido lá para os meus lados...tou triste!!!

Gostaria que visses a homenagem que fiz ao Fernando do blog "Nothingandall".

Aqui, fala-se de fim do mundo...
Não gosto de pensar nisso.
Todos os dias a vida termina para tantas pessoas, mas...ainda tenho tanto para fazer e para dar, que não quero pensar nisso, juro.
Beijos.