segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

OS PRIMEIROS FARRAPOS DE NEVE!


Aos primeiros farrapos de neve
os degraus se agitam
e deixam-se envolver num manto
que a pouco e pouco
tornará a pedra mesclada de cinzas
em lençóis brancos de cristais!

(foto tirada este fim-de-semana
na aldeia mais alta de Portugal, Sabugueiro)

12 comentários:

FRANCO disse...

Pedras,pedras brancas
de cristal
às vezes sonha-se,
às vezes não é mal
vir ao mundo
um frio infinito
que
no fundo é lindo!

Moura ao Luar disse...

E deixamo-nos envolver por memórias e fantasias de criança, recordamos brincadeiras e risos que não mais se repetirão.

escarlate.due disse...

também quero! também quero!!
é a unica coisa do inverno que eu gosto e vim logo parar a um sitio onde não cai nem um floquinho :(

tulipa disse...

A Índia inspira qualquer pessoa.
Coincidências ou não, está patente ao público uma exposição de 30 fotos sobre Goa, no Museu da Electricidade, em Lisboa.
Dentro de uma semana ficará aberta ao público a minha 1ª exposição individual de fotografia, também com 30 imagens e também sobre a Índia.
"Jesus Never Fails" reúne uma série de 30 imagens tiradas em Goa. Já anteriormente apresentada no ano passado, esta versão da série, agora apresentada, inclui novas imagens e conta com a edição de um catálogo.
Com entrada livre, a exposição estará patente até 15 de Março, de terça-feira a domingo.
QUERO IR...QUERO VER...
Esta notícia faz-me sonhar: quando terei eu...um dia, oportunidade de expor num lugar como o Museu da Electricidade...? Quicá...

Boa semana.
Beijinhos.

tulipa disse...

AMIGO
estou mortinha por ir até à Serra ver os farrapos de neve...
Hummmmm, quando será?

Grão Vizir disse...

Neve em lisboa é que nem ver ehehe

Filoxera disse...

linda! Onde?
Beijos.

angel bar disse...

"A NEVE PÔS uma toalha calada sobre tudo.
Não se sente senão o que se passa dentro de casa.
Embrulho-me num cobertor e não penso sequer em pensar.
Sinto um gozo de animal e vagamente penso,
E adormeço sem menos utilidade que todas as acções do mundo."

(Alberto Caeiro)

Maria, Simplesmente disse...

Obrigada amigo, o que disseste no teu comentário é uma verdade. Quando levantarmos a "ancora" seremos livres... eternemente livres. Eu acredito.
Bj
Maria

mariam disse...

esta não consigo ver neste meu pc ... ohhhh :(

mariam disse...

uau! NEVE!hoje já vejo os degraus branquinhos... polvilhados d'açúcar para o meu olhar. LINDA p/b!!

sorrisos :)
mariam

De Amor e de Terra disse...

Sei que a minha visão da neve é romântica e que na serra, quando neva de verdade e tivermos de caminhar sob ela, não há lugar a romantismos, mas mesmo assim, continuo achando que um manto de neve ao pintar de branco a Natureza, é como se a curasse de (quase) todos os males.

Beijo
Maria Mamede