quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

UM BARCO É COMO A VIDA ONDE A ÁGUA SÃO OS CAMINHOS POR ONDE ANDAMOS...

«O CÉU NA TERRA»
Fotografia de Helena Neves

Um barco é como a Vida,
navega nas águas do tempo
às vezes por rios serenos
outras em revoltos oceanos.

Um barco é como a Vida,
balouça nas ondas de um mar
que pensamos conhecer
mas que num golpe de vento
nos atira contra as margens
e nos faz mudar de rumo...

Um barco é como a Vida,
pode afundar-se...
pode afundar-nos...
mas há sempre uma maré
alimentada pela alma
que um dia nos porá de novo
a navegar nas águas do tempo!

26 comentários:

Maria, Simplesmente disse...

Se tivermos "alma"...
Bj
Maria

Anónimo disse...

Gostei desta tua «batalha naval»,a vida é mesmo isso: umas vezes submersa, outras vezes à tona, excelente a fotografia e os reflexos.

Um abraço. António

escarlate.due disse...

curiosa esta comparação... um barco é como a vida... ou a vida é como um barco...?
gostei mesmo! :)

Lia disse...

A foto está linda!Adorei o poema !Uma vez li que se a vida te der 1000 motivos para chorar, mostra-lhe que tens 1001 motivos para sorrir!!!Sorrir ,é uma lição de felicidade, é uma força de viver...Beijinho*

Entre "aspas" disse...

Uma bela metáfora meu amigo, a vida é tudo isso,por vezes parece que nos afundámos,outras voámos á tona da água,mas o meu lema é seguir em frente ssem olhar para o rasgo traçado nas águas poluídas...
Beijinhos
Zita

Maria Clarinda disse...

LINDO, este teu poema!!!Obrigada pelos momentos lindos que passei no teu cantinho.Jhs

Shelyak disse...

Abraço, ....ovsky
:)

Filoxera disse...

Ou noutras águas, que não as do tempo...
Beijos.

Anónimo disse...

Mas esta fotografia dá a ilusão que o barco navega nas nuvens ou às vezes acontece que céu muda de lugar?

@me@@@ disse...

Adorei... e existirão sempre marés, mais marés para nos fazer perceber que nem sempre as águas são agitadas!


:-)

mariam disse...

SofáAmarelo, poeta!

LINDO! a imagem e as palavras. falam de esperança

um sorriso :)
mariam

Violeta disse...

gsotei muito do poema. enquadra-se no meu ultimo post...que mudei o título ;)

tulipa disse...

Então, o meu Amigo chega ali...fala da Índia e não me diz se vem à Moita, fotografar a minha 1ª exposição individual de fotografia?

Uma reportagem aqui com a artista, que tal?
Pensa nisso...

Estou à tua espera.
Temos que combinar, para quando cá vieres eu estar à tua espera, pode ser?
Aguardo uma resposta até 2ª feira.
Beijokas.

A Luz A Sombra disse...

Não fui eu que lhe chamei, foram os que lhe colocaram esse distico na cruz.
Eu chamo-lhe o "Cristo Aerodinâmico" que nos dá perspectivas espectaculares.
O meu Rei de todos os Reis é outro, mas seria longo contar-te aqui como ele é, como eu o sinto.
Obriga.
A Luz A Sombra

Justine disse...

Sim, a vida é um barco, que, apesar de todas as intempéries, pode ser orientado para bom porto, se o barqueiro tiver coragem para enfrentar as tempestades.

Thunder disse...

Sou um barco.
Amante do vento.

Espero à deriva
decorando o horizonte.

Ansioso,
Desejo o seu toque.

Quero amá-lo
neste grande leito que é o mar.

@Olga Silva


Beijinhos

De Amor e de Terra disse...

É meu Amigo, "um barco é como a vida"!
Quanto a mim, embora concorde contigo, às vezes prefiro compará-la (a Vida, obviamente) a um transporte terrestre " O Comboio", somente pelo facto de ter medo da água.
Beijo

Maria Mamede

Sol da meia noite disse...

Embarca sem medo nesse barco.
O rumo se irá desenhando, à medida que as águas forem sendo navegadas.

*

Gata Verde disse...

Vamos remar. remar para que não afunde!!

beijos

pin gente disse...

diz-me onde está o barco que quero encontrar a vida!

Carol Bonando disse...

Que interessante o nome do seu blog... adorei!
e gostei também do poema aqui escrito.
Passe no meu blog me visitar, espero que goste de contos!!!
ABraço e foi um prazer estar aqui, voltarei em breve!

mundo azul disse...

__________________________________

Bela analogia você fez aqui!


Beijos de luz e um ótimo final de semana...

___________________________________

Diário de um Anjo disse...

Concordo contigo. É como andar ao sabor do vento encontrando tempestades e alturas de bonança..o que interessa é chegar ao final com a mesma sensação dos descobridores...VALEU A PENA!
Beijinhos

sofialisboa disse...

e como são sábias as tuas palavras, meu caro amigo alex. gostei de te ler como sempre e quanto á musica levou-me ás nuvens, gostei tanto. bjs e volto sempre sofia

irneh disse...

Olá...

Que é feito do menino? Tudo bem contigo? Espero que sim.
Vim sentar-me no pouquinho no teu sofá. Bom fim de semana!!

Beijinhos

BlueVelvet disse...

Lindo o que escreveste.
Tomara que venha a maré cheia para pôr o meu barco a boiar.
Beijinhos