segunda-feira, 18 de maio de 2009

MUSEUS, CRISTO-REI E DEAMBULAÇÕES FIM-DE-SEMANAIS...

Fiz um manguito à Bordallo Pinheiro (figura do lado) à falta de tempo e este fim-de-semana deambulei por variadíssimos museus - ou não tivesse sido o Dia dos Museus - desde o de Cerâmica nas Caldas da Rainha até ao de Electricidade em Lisboa (em baixo: Exposição de Fernanda Fragateiro e Dias Solares patentes neste Museu).


E que dizer do Cristo-Rei, dono e senhor da terra onde nasci, Almada, um pouquito mais velho que eu e que tanta polémica provocou quando foi construído - o meu padrinho esteve preso pela PIDE por dizer que casas para os pobres eram mais necessárias que um Cristo-Rei de pedra... a foto da esquerda é da autoria do meu grande amigo Argumentonio (clicar), as do Cristo-Rei e a do cortejo da Santa (mal se vê, eu sei!) fi-las este fim-de-semana de propósito para o blog.


E vós, tendes aproveitado a dádiva dos Museus
de portas abertas este fim-de-semana???

7 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Gostei da tua forma de aproveitamento das portas abertas dos museus este fim de semana.
Se vieres por Sintra recomendo-te o Museu Ferreira de Castro (e já agora uma ida pela encosta íngreme da serra até às duas pedras que assinalam a sua sepultura).
Aconselho-te também o Museu do Brinquedo. A história do Homem contada através do brinquedo por um coleccionador de brinquedos quase único no mundo.

Abraço

Ezul disse...

Confesso que estas celebrações não me comovem nem um pouco,muito menos a memória da época em que o monumento foi construído, ainda que o fosse a pretexto de celebrar a paz. A paz, a verdadeira, celebrar-se-ia e viver-se-ia em acções como as de Aristides Sousa Mendes; a paz edificar-se-ia quando se construissem as tais casas e, hoje em dia,constroi-se quando se investe o dinheiro (essas verbas consideradas insignificantes e mínimas mas que representam muito para muitas famílias no limiar da pobreza, ou sem dinheiro para os cuidados básicos de saúde)onde é verdadeiramente necessário.
Museus, por aqui e neste fim-de-semana, só os do espaço aberto, onde há vestígios dos montes e moinhos abandonados, e onde encontramos o extraordinário ecossistema do montado...
Lindas, lindas papoilas!
:)

J P G disse...

Aqui por Coimbra, o Museu da Ciência, o Museu da Física, o Museu Mineralógico e o Museu Zoológico, tiveram direito a uma passagem mais ou menos rápida.

Já o Museu Machado de Castro, ficou para outras "núpcias".

Abraço e 9 de Junho é já ali...

Gata Verde disse...

Não! O meu fds foi preenchido com Benção de Fitas e festa de aniversário de criancinhas!!
:(

beijos

Bichodeconta disse...

Mea culpa mea culpa, eu não fui ver museus..Fui a Vendas Novas, caminhada e prova desportiva pra gente da pesada, só fiquei triste porque não gostei do almoço..Atã nã é que em terra de boa comida me servem migas de espargos sem espargos?Beijinho, lindas as fotos..Parabéns..

Justine disse...

Também gosto do campo à hora das papoilas, e de museus a qualquer hora:))

Lia disse...

Não queiras saber como foi o meu fim de semana.:0)Deixo-te um sorriso:0)Beijocas*