quinta-feira, 14 de outubro de 2010

OS MINEIROS DO CHILE REPRESENTAM MUITO MAIS QUE UM SIMPLES SALVAMENTO...

O resgate dos mineiros de uma mina no Chile não foi só um espectáculo televisivo, muito menos o drama de uma telenovela latino-americana: o resgate dos anónimos mineiros chilenos - que noutras ocasiões iriam apenas engrossar o nº de vítimas mortais em minas em todo o mundo - foi antes de mais um simbolismo daquilo que as minas - e os minérios delas extraídos - significam para o mundo moderno e consumista... por outras palavras, sem os riscos que homens como aqueles correm, a sociedade dita moderna e civilizada não teria automóveis, televisões, cozinhas equipadas, móveis, roupas, telemóveis, etc, etc... o Chile é um dos maiores exportadores mundiais de alguns minérios indispensáveis para o tipo de consumo numa sociedade ocidental, nomeadamente cobre! O mundo deveria pensar um pouco que para mantermos este tipo de civilização já temos que descer aos confins da Terra... eles - os outros - porque a maioria das pessoas nunca o faria! Aqui fica também uma pequena homenagem d' O Meu Sofá Amarelo aos heróis anónimos!



9 comentários:

Joana disse...

Felizmente que a situação se resolveu da melhor forma.

Beijinhos

De Amor e de Terra disse...

Olá Alex, boa tarde Amigo. Venho agradecer-te a visita lá em casa e dar-te os parabéns por continuares bem humorado, apaixonado e solidário, enfim vivo, como manda a tua juventude.
Bjs.
Maria Mamede

Ana disse...

Olá!
De certeza que é uma das piores profissões do mundo não só pelo trabalho em si mas também pelas consequências para a saúde que acarreta!
Ainda bem que os conseguiram resgatar e muito antes do previsto.
Beijinhos

Luís Coelho disse...

Penso da mesma maneira e ainda bem que outros se preocuparam em salvá-los. Para trás ficou o medo e a escuridão de tantos dias vividos.
Se não trabalharem nas minas farão outros trabalhos também arriscados.
A nossa sociedade vive assim. Parece que uns exploram os outros e apenas querem os produtos - matérias primas.
O ser humano parece que nem conta. Parece uma maquina que se substitui.

Justine disse...

Deveria ser uma das profissões mais bem pagas, dada a sua importância e os seus riscos...em contrapartida, é o que a gente sabe!

lino disse...

Muito bem dito!
Abraço

Maria João disse...

Aos confins da terra precisamos todos ir, à terra nossa, aquela que em cada um de nós existe e poucos de nós, verdadeiramente conhece.
Só lá, despidos de desculpas e na ausência de espelhos e plateias, conseguiremos perceber, afinal, de que matéria somos feitos.
Se de lava quente ou de água choca.

São tantas as lições, e tão poucas as aprendizagens...

Um beijinho

Sara disse...

Venho agradecer e retribuir a visita ao meu canto. E acrescento que, apesar da cor inusitada, gosto muito desta ideia do sofá. É sempre uma boa imagem e um bom mote.
Também gostei desta reflexão. Não tinha pensado nesta perspectiva, mas parece-me bem pertinente.

Bom resto de semana!

Ezul disse...

Mas é extraordinário assistir a exemplos de resistência e de solidariedade como este!Ajuda a não perder totalmente a fé no ser humano!
:)