segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

MARIA CAVACO SILVA, A MULHER POR TRÁS DO PRESIDENTE



"Oh, Sr. fotógrafo, acha que este vestido me ficaria bem para a (re)tomada de posse do meu marido?"










Há sempre uma Mulher por trás de um Homem,
e Maria Cavaco Silva não deixa isso em mãos e olhos alheios!

"Eu sei, eu queria uma vitória assim mas pronto,
ainda assim houve 2.228.000 votos portugueses
que votaram em mim! Não foi, Maria?"

Cavaco Silva: "A margem da minha vitória foi só deste tamanho..."
Maria Cavaco Silva: "... E ele vai sofrer as consequências
por ter ganho só por esta margem.Estás preparado para isso, marido?"

(todas as fotos são d' O Meu Sofá Amarelo)

12 comentários:

tulipa disse...

Acredito em muitas coisas, e sei que não mudarei o mundo, pelo menos sozinha, mas continuarei empenhada...

Problemas com o cartão do cidadão:
E...será que foi por isso, que aconteceu uma reeleição?
Porque muitos não puderam votar em quem queriam?
Acho que as eleições deviam ser repetidas!!!Foi injusto!

Imprevistos...?
Ou...previstos, só que, interessava parecer imprevisto?

Mais uma SRA. argolada!
Até deu jeito...

Joana disse...

Hahahaha... Do que tu te lembras. :D

Beijinhos

Luís Coelho disse...

Os anteriores estiveram lá dois mandatos. Este não poderia ser diferente.
Aquela cadeira cega-os.
Talvez por isso, já um tentou uma terceira vez....e outro de triste memória amou tanto aquela cadeira que caiu de lá... e assim se foi...

Parece-me que a Senhora Cavaco anda ao toque dos clarinetes lá do palácio.
Estão bem assim.
São mais importantes as roupas e as aparências que as boas obras para sair desta situação, em que ninguém se entende e onde teimam em meter-nos a todos.

Mar Arável disse...

Na verdade Sócrates e Soares

foram vencedores

Oremos

Justine disse...

Estou com uma enorme ressaca...mas sempre sorri!

lino disse...

Juntou-se a fome com a vontade de comer ou, como dizia um velhote da minha aldeia, é mesmo "lé com cré".
Abraço

play time disse...

Olá sofá um dos teus posts "as carochas invadiram o meu sofá" Achei engraçadissímo esse titulo. Pois, hoje vim aqui a procurar um pouco da beleza que o teu olhar costuma dar ao que fotografas e... que encontrei...brrrrrr até estou arrepiada... por mais que tentes... estes dois são bem pior que a invasão das carochas e invadiram o teu, o meu e o espaço de todos os portugueses.. que "coisa" fotografaste :( Felizmente não tem som. Ainda estou em estado de choque com o discurso de ontem.

Ana disse...

Parece sempre que andam numa excursão daquelas a que os velhotes passam a via a ir:)
Beijinhos

Maria João disse...

Uma conjugação de imagens e texto bem a propósito!
Mas que poderá a senhora fazer, para além de estar atrás do marido?! A "parca" reforma que tem, obriga-a a fazer as honras de sua excelência o esposo, pois claro.. ou não fosse ele a ter que lhe providenciar a sobrevivência e a velhice!?
Não, não fui eu que inventei isto, nem este é tema para brincadeiras, não senhor! Foi mesmo o Sr. Presidente reeleito que disse!!

Um beijinho

CF disse...

Muito bem apanhadas estas suas fotos e muito bem lidas...
Também gostei do "seu Presidente"... abstenções!
Tenho pena que não se faça uma leitura como deve ser aos votos em branco e às abstenções... "teríamos" muito que aprender.
Que eu me recorde, estas foram as piores eleições em termos de campanhas... uma vergonha para o país pelos piores exemplos possíveis.
abraço

Je Vois la Vie en Vert disse...

Engraçadas as foto e as legendas !
Bravo !
Beijinhos
Verdinha

argumentonio disse...

uma vitória descendente, como o comboio da Cruz Quebrada, uns a rirem para os outros, outros a rir por nada

a menor maioria de sempre, o pior resultado de uma reeleição, uma percentagem francamente abaixo da valorização presidencial das acções do BPN compradas e vendidas aos amigalhaços a contas com a justiça e a delegar aos contribuintes do País a conta a pagamento de um colossal buraco financeiro na cara de um gabado professor de finanças

um discurso de vitória revanchista e de mau ganhador, a acusar consciência pesada por carvoeirices mal amanhadas e por explicar

um presidente desinteressado por cultura e por leitura, nunca foi à ópera, desprezo por jornais e livros - e percentagens altíssimas nas aldeias mais iletradas de Portugal, a fazer crer que teria quase 100% se o País fosse totalmente analfabeto

um espelho do País, que temos - e merecemos? bem, como há sempre alguém que resiste, podemos sempre achar que merecemos melhor, se bem que temos muito, mas muito, que fazer para lá chegar

para já, para já, temos um novo ciclo de mais 5 anos de menos do mesmo

é aguentar

;_)))