domingo, 7 de fevereiro de 2010

PORTUGAL OU A EXPLOSÃO DOS BRANDOS COSTUMES

Não é por acaso com certeza que algumas das maiores figuras deste rectângulo no lado ocidental da Península Ibérica são poetas! Os poetas são geralmente pessoas sensíveis, intuitivas, dóceis, suaves e apregoam tudo menos a guerra e a violência (Mas, não será o amor também uma forma de violência? Bom, isso fica para outras núpcias!).
Tanto os poetas moldaram este país que foi mesmo um poeta que caracterizou este povo e este país como um "país de brandos costumes"! A história de Portugal parece dar-lhe alguma razão, pois até nas guerras do antigamente (à parte Portugal ter nascido de uma guerra entre mãe e filho) as coisas foram mais suaves que noutros lados. Mesmo a colonização portuguesa parece não ter sido a mais cruel (se comparada com a inglesa, holandesa ou espanhola - já o mesmo não se pode dizer da descolonização) e - mesmo já depois de Fernando Pessoa - Portugal nem participou na II Guerra Mundial.
Portugal é, portanto, "um país de brandos costumes", um povo pacífico, discreto, que preza a sensatez e a pacatez - é claro, isto antes de haver o Correio da Manhã, pois a partir daí apercebemo-nos que os costumes não são tão brandos como o poeta os denominou!
Vem isto tudo a propósito dos explosivos da ETA descobertos numa vivenda entre Óbidos e as Caldas da Rainha num local, esse sim, de tão brandos costumes que até enjoava... vai daí, tunga, tomem lá uns explosivos para animar as coisas e colocar Portugal na rota do terrorismo... esperemos contudo que esta seja uma novela sem próximos episódios!!!

Óbidos vista da estrada onde foram encontrados
os explosivos da ETA.

Foto de O Meu Sofá Amarelo datada de Julho de 2008

Passo muitas vezes no sítio de Avarela, numa estrada secundária entre Óbidos e Caldas da Rainha, local onde foram descobertos os explosivos da ETA. Nessa estrada há uma pedreira/areeiro tenebrosa tal o buraco gigantesco, nunca se vê ninguém nas moradias, raramente se vêem outros automóveis e o próprio nome do lugarejo é indício de que alguma coisa não funciona bem por ali. Muitas vezes eu fiz esse comentário e afinal as circunstâncias vieram provar isso mesmo!
Mas nem tudo é tenebroso e misterioso naquele sítio. Também há quintas com cavalos (ver foto em baixo), a linha de comboio do Oeste, pomares de pêras rocha e uma paisagem deslumbrante. em especial do Castelo de Óbidos (foto de cima) e do Monte de Santo Antão, (fotos de baixo) onde a cada 17 de Janeiro de cada ano se reúnem centenas de pessoas para abençoarem os seus animais e para aconchegarem o estômago e o espírito com piqueniques de carne assada e vinho tinto! Disfrutemos, então, de tudo isto antes que alguma bomba rebente e tire Portugal da rota dos "brandos costumes"!


6 comentários:

chapeu de sol amarelo disse...

estamos lixados com os espanhois...

Chris disse...

A brandura dos costumes por vezes é aparente... obrigado pela visita ao meu recanto.
Uma boa semana
Chris

argumentonio disse...

muito bem caracterizada a situação, incluindo o enjoativo maravilhoso e imperdível da ginginha, do festival de chocolate e da doçura acolhedora das gentes de Óbidos !!!

uminuto disse...

demasiado´brandos os costumes infelizmente paraa quilo ejm que a revolta deveria ser maior, nomeadamente face à situação que caracteriza o nosso país e as suas figuras de proa
quanto ao resto, há excepções que confirmam a regra...apenas isso
um beijo e boa semana

tulipa disse...

Pois...um país de brandos costumes que abriu as suas fronteiras e portas a todo o género de pessoas, é no que dá...
Alguém ainda tem dúvidas???

Quem me conhece e acompanha há algum tempo, sabe que não viro as costas a "desafios" e a momentos de aventura, por isso, decidi participar em mais um "Momento Perfeito" na minha vida, ligado à fotografia.
O Turismo de Portugal promoveu um passatempo em que pretendia premiar as 13 melhores fotografias do país, uma por cada destino Regional – Norte, Douro Centro, Serra da Estrela, Lisboa e Vale do Tejo, Leiria-Fátima, Oeste, Alentejo, Alqueva, Litoral Alentejano, Algarve e Açores e Madeira.
Para concorrer bastava publicar a foto no Flickr (www.flickr.com) e referenciá-la com btl_portugal2010 até 8 de Janeiro...e, eu participei com 30 fotos.
Aqui estão 3 exemplares das que enviei para o passatempo.
O Turismo de Portugal lançou um desafio nacional intitulado:
"Mostre-nos um Portugal Melhor"

No meus 2 blogues poderás ver o "Meu Portugal Melhor" - espero a tua opinião, pois tens conhecimentos para analisar tecnicamente (e não só...)as fotos.
Boa semana.
Beijokas.

Ana disse...

Olá!
Que sitio lindo!!
E penso que isto das bombas foi um grande exagero e fez-se um grande alarido!!
Beijinhos