quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Imagens do Canadá? Não, imagens do Alentejo em dias de Outono

O Alentejo é sempre um mistério... mais ainda nestes dias outonais com aroma a madressilva, onde as ribeiras e os açudes são moldados à medida do nosso olhar... há outra dimensão do mundo aqui bem perto... é só lá ir e mergulhar nas margens do tempo.
.

5 comentários:

Mulher disse...

Esse Alentejo da minha alma, tem muito encanto!!!!!!!
Lindo Obrigada.
Acho que conheço.Ou, estarei muito enganada!.

Filoxera disse...

Lindas! Inspiração nunca te falta.
Beijos.

Maria Valadas disse...

O Alentejo, o nosso Alentejo, foi e será sempre um mistério para quem não nasceu e cresceu lá!

Para mim... é o berço que me embalou nos cantos dos rouxinóis.

Obrigada pela partilha da fotografia.
Será o Rio Ardila?

Bom fim de semana.

Beijos no coração.

Bichodeconta disse...

Seguramente nas margens do tempo temos ancorados os nossos sonhos e aí irão perdurar para todo o sempre.Beindito Lugar encantado que enfeitiça de vez quem teve o pervilégio de lá nascer ou de cruzar aqueles caminhos. Feliz dia Alex.Beijinho, Ell

Ezul disse...

Bem, que saudades do Alentejo!!!
A sério! E onde é que resido? Noutro planeta, a julgar pelas saudades que sinto do campo!
Gosto de açudes,dessas águas misteriosas, apesar de algumas histórias terríveis que a memória popular guardou.
:)