quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Funcionários públicos, desempregados e reformados dispostos a salvar Portugal da crise!

Imagem d' O Meu Banco de Madeira Tosco Amarelo,
antepassado d' O Meu Sofá Amarelo,
enviada directamente da Idade Média

A partir de 1 de Janeiro próximo alguns (bastantes!) portugueses vão colocar a corda ao pescoço como fez Egas Moniz há um par de séculos e vão abdicar de si próprios para salvar Portugal da crise: assim, os funcionários públicos vão abdicar alegremente de parte do seu salário, os desempregados que recebem subsídio superior a 485 euros vão querer pagar as taxas moderadoras e abdicar de abonos de família e outras benesses supérfluas, e os reformados que auferem também mais que aquele montante (485 euros = novo ordenado mínimo) também passam a fazer fila para serem os primeiros a pagarem as taxas moderadoras do novel Serviço Necrológico de Saúde. E o secretário de estado Manuel Pizarro ainda vem dizer que isto não é feito com intuitos financeiros mas sim de equidade. Boa! Excelente explicação! Ficamos todos muito bem esclarecidos e felizes da vida!
Prevê-se ainda que com este encaixe financeiro o Governo reuna uma pequena parte do montante de prémios a pagar a gestores públicos mesmo que as empresas que estes gerem dêem... prejuízo, muito prejuízooooooo!

E viva a Democracia! Nós que vamos
morrer lentamente te saudamos, Sócrates!

16 comentários:

Menina do Rio disse...

Ano bom pra ti e os teus.

Beijos

Luís Coelho disse...

Estou tão revoltado que o melhor é calar o bico.

█► JOTA ENE ◄█ disse...

Um BOM-ANO p'ra ti ...



Então brindemos à grande e à francesa...



TXIM-TXIM ► Esta é a minha oferta!!

lino disse...

É a desfaçatez total.
Abraço

Marta disse...

Ou os Gladiadores do Império Romano ao saudarem César "Nós, que vamos morrer..."
Resta saber a quem César vai deixar que viva no fim do combate....Mas isso já sabemos mesmo antes do combate, não é???
Gostei do post, Alex...
Bom Ano 2011
Beijos e abraços
Marta

Virgínia do Carmo disse...

Vai ser um ano fantástico... Mal posso esperar!

Mas eu desejo que para ti, Alexandre, ele traga o brilho das palavras! E que o sentido de humor nunca te abandone!

Beijinho e feliz 2011! :)

Je Vois la Vie en Vert disse...

É sempre aos mesmos que tiram e aos mesmos que dão...
Mesmo assim , caro Sofa Amarelo, desejo que continuas a ter a luz do sol para te iluminar ! Os meus votos para que este ano esteja cheio de felicidade, alegria, paz e saúde !
Beijinhos
Verdinha

Joana disse...

Sem comentários... é a única coisa que tenho a dizer.

Feliz Ano Novo!

Beijinhos

Rosa Carioca disse...

Eu também não vou fazer comentários... teria que por a bolinha vermelha!

Paulo disse...

LOL adorei a ironia no texto "nós que vamos morrer lentamente, te saudamos..."

O que entristece ainda mais é saber que o Sócrates apenas a "face visivel" de miseráveis políticos que venderam a sua alma!

Até Fausto fez melhor negócio!

Abraço amigo

ematejoca disse...

Havendo saúde, dinheiro e amor, a felicidade paira no ar!
E é isso mesmo que te desejo para 2011, Sofá Amarelo, bem como à tua família!

Diário de um Anjo disse...

Boas entradas!
beijinhos

tulipa disse...

No Governo Sócrates e Companhia tudo de mal bate à minha porta. Daí que eu vá para sempre recordar de forma muito negativa esta governação, mas...aqueles que lá o colocaram façam-no outra vez; os meus votos é que tudo de MUITO MAU bata à porta de todos os que lá o puseram a governar, assim como tem acontecido comigo.

Em 2009 bateu à minha porta o DESEMPREGO;
agora a partir de 1 de Janeiro próximo o meu Lar fará parte dos que vão colocar a corda ao pescoço.
Como funcionária pública vou abdicar alegremente de tudo o que eles mais quiserem, como tem acontecido ao longo deste mandato;
O outro elemento do Lar, como desempregado que recebe subsídio superior a 485 euros vai ter que pagar as taxas moderadoras, pois além de todas essas desgraças também bateu à nossa porta, um cancro - melanoma e...HAJA ALEGRIA, enquanto a maioria gasta os milhões que lhes dão em iates, vivendas aqui e ali, carros topo de gama e viagens mensais para ir a Paris ou Milão assistir às novas tendências da moda.

Como bem escreves meu Amigo:
Ficamos todos muito bem esclarecidos e felizes da vida!

argumentonio disse...

Caro Sofá, Amigo Alex, claro que voto as melhores Venturas para 2011, difícil que seja, sendo que tens as armas exactas para obter tudo o que mais desejas e bem mereces: espírito positivo e empreendedor, dedicado a interesses multifacetados a poder de talentos vários e um dom raro que é o da boa atenção, que repartes omnipresentemente entre as tuas múltiplas actividades e todos aqueles tantos a quem queres bem, Deus te guarde e recompense

quanto ao post, de boa verve e melhor imaginação, faz jus à lucidez de que tanto precisamos, à ironia que revela inteligência e espírito crítico, tudo qualidades que te caracterizam e nos dás o grato prazer de partilhar neste espaço e ainda mais pessoalmente

mas olha que o "par de séculos" do célebre episódio protagonizado por Egas Moniz já lá vai há que tempos, desde os idos de antes da nacionalidade, pois o acto heróico foi um dos feitos portugueses antes de haver Portugal, mas a caminho disso:

«E com seus filhos e mulher se parte/
A alevantar com eles a fiança,/
Descalços e despidos, de tal arte,/
Que mais move a piedade que a vingança./

- "Se pretendes, Rei alto, de vingar-te/
De minha temerária confiança,/
Dizia, eis aqui venho oferecido/
A te pagar, coa vida, o prometido.»

e quanto ao "rapa" do governo de Sócrates, em valor muito custoso para todos nós mas em esforço menor que outros países foram igualmente obrigados a fazer, é exactamente o que todos fazemos quando chega a hora de cortar nas despesas - e o País teve sucessivos anos de aumento do défice, há que encarar a hipótese de enfrentar sucessivos anos de estancar o aumento do défice ou, se possível, reduzi-lo

para isso é preciso arregaçar as mangas e ser criterioso nos gastos, de contrário o cenário piora - haja pois coragem para fazer o que há a fazer

e guardar a possível alegria, apesar de difícil, esperemos um 2011 mais Alegre

;_)))

Mar Arável disse...

Bom ano

a resistir

Abraço

Ezul disse...

Sim, vou sentar-me e escrever...
Cuidado com os estofos, Sofá, que são um bem de luxo! Se ele sabe...voltas a ser, à força de mais impostos, um banco de madeira!
Que mais posso dizer?
Desejo que nunca nos falte, no próximo ano, a força para estarmos atentos, para sermos solidários, críticos e construtivos, para superarmos as dificuldades do buraco para onde "os cavaleiros das trevas" lançaram este País.

Um Ano Novo cheio de saúde e de ânimo!
:)))