segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

MÉDICOS ANTECIPAM REFORMAS E DEIXAM O SNS (SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE) ÀS ARANHAS!


Vou aqui falar do meu tio Feliz. Já lhe tinha dedicado um post em Abril de 2009 (clicar) quando ele lançou um livro de poesia.... Enganou-se no post, dirão os leitores, então o post não era sobre os médicos e o SNS? Pois, era... e é! E a propósito disso é que venho falar aqui do meu tio Feliz: é que neste momento ele está nas mãos da incúria dos cortes orçamentais ao Serviço Nacional de Saúde e de médicos especialistas que dizem que aparecem mas não aparecem ao serviço!
O meu tio não está bem porque foi a um hospital público na província (não vale a pena mencionar qual), e após longa espera e de um diagnóstico e tratamento sumário mandaram-no para casa... claro, o problema era grave e voltou para lá dois dias depois onde esperou tempo sem fim por uma médica especialista que... ainda não apareceu!
É provavelmente uma daquelas médicas que antecipou a reforma, deixando o SNS em muito más condições... quer dizer, se se pode ainda chamar Serviço Nacional de Saúde a um Serviço que já serviu de referência a países economicamente mais avançados que Portugal, e que agora tende para ser um Serviço Titubeante de (duvidosa) Saúde!
Saúde, já agora, é o que mais desejo ao tio Feliz, que, pelo que sei, apesar de tudo não perdeu o seu sentido de humor peculiar e só espero que em breve possa estar lançando outro livro de (excelente) poesia!

6 comentários:

Play Time disse...

O pais vai fechar, e nós ainda não demos por isso!

Play time

Joana disse...

Infelizmente neste país, quem recorre ao serviço nacional de saúde e não tem cunhas, bem pode esperar...

As melhoras rápidas do tio Feliz.

Beijinhos

Ezul disse...

Estranho Natal este, com sinais de tristeza que crescem a cada dia que passa. Votos de uma rápida recuperação para o tio e para este país, que bem precisa! E, para todos nós, o desejo que nunca se perca a vontade para sermos críticos mas solidários!
Bom Natal!
:)

lino disse...

Rápidas melhoras para o tio Feliz.
Abraço

Maria João disse...

E vai ficar pior....

Os médicos com maior experiência vão para casa antes do tempo, forçados pela insegurança criada.
Piora a capacidade e a qualidade de resposta do SNS e piora a qualidade na formação de novos clínicos...

Quem perde verdadeiramente, são sempre os utentes!

Um abraço
As melhoras do teu tio!

Ana disse...

Consequência de anos e anos de má gestão, as notas de entrada em medicina são irreais e depois quem paga somos todos nós!!
Isto está a chegar a um ponto que só se safa quem tem seguro médico!
Beijinhos